"Génio", "o carrasco dos dragões" e o "homem foguete" são alguns dos apelidos que a imprensa britânica dá hoje a Cristiano Ronaldo pelo golo que permitiu ao Manchester United vencer o FC Porto na quarta-feira. O golo do português, obtido aos seis minutos, deu a vantagem necessária para a equipa inglesa passar à eliminatória seguinte da Liga dos Campeões, após o empate 2-2 na terça-feira passada, em Old Trafford.



O "Daily Mail" chama ao remate de mais de 30 metros um "golo maravilha que acabou com o feitiço do Porto" e chama a Ronaldo "carrasco dos dragões". O Manchester United, lembra a imprensa britânica, foi a primeira equipa inglesa a vencer os "azuis e brancos" no Estádio do Dragão. Na véspera, o "Daily Mail" criticara o mau desempenho do português nesta época, mas hoje não poupa elogios ao "golo incrível do melhor jogador do mundo".

Também o "Sun" fez tréguas nas frequentes críticas a Ronaldo para saudar "petardo fantástico". O "Guardian" escreve que o desempenho dos portugueses foi "espasmódico" e com poucos momentos de clarividência.

O "Times" mostra alívio por "felizmente para o United, o temido empate, aquele que os teria derrubado, nunca se materializou". Já o "Independent" afirma que o "foguete de Ronaldo lançou o United para o caminho do Arsenal". O clube londrino é o próximo adversário dos red devils, após vencer por 3-0 frente o Villarreal, na quarta-feira, e garantir um lugar nas meias-finais.

Na quarta-feira à noite, o treinador do Manchester United, Alex Ferguson, segundo o "Independent", já estava a "planear como bater o seu velho adversário Arsène Wenger".

0 comentários