Cristiano Ronaldo e David Beckham são dois dos vários jogadores que a Federação Inglesa vai convidar para gravar um vídeo contra a homofobia. A ideia é que criar uma mensagem forte contra a descriminação homossexual, que passará em televisões inglesas, em sites e nos estádios durante os jogos.

Para além de Ronaldo e Beckham, a Federação Inglesa vai convidar Rio Ferdinand, David James, Rooney, John Terry, Lampard e Michael Owen. O extremo português é por isso o único jogador não inglês convidado. A ideia dos criadores do vídeo é aproveitar a boa aceitação de Ronaldo junto dos públicos gay e hetero.

A iniciativa partiu da instituição OutRage, após recentes insultos racistas e homofóbicos contra Sol Campell, central do Portsmouth, num jogo com o Tottenham. «Queremos que o desporto seja mais receptivo e seguro para jogadores e para adeptos gays», referiu Peter Tatchell, da OutRage, uma organização de defesa dos direitos dos gays.

0 comentários