"Quero continuar a aprender"

Publicada por Webmaster | 7:14 da tarde | 0 comentários »

No ano de 2008 venceu inúmeros prémios. Este foi especial?

Claro que sim. Ser considerado o número um pelos capitães e pelos seleccionadores, para mim é uma honra. Era um prémio com que sonhava desde muito jovem e conseguir ganhar, com 23 anos, para mim foi uma marca histórica, que me deixa muito feliz.

O que é que sentiu nos momentos antes de ser anunciado o prémio?

Estava um bocadinho nervoso, mais do que o normal. Para mim foi um momento especial. Para ser sincero, estava à espera, mas enquanto não ouvirmos o nosso nome é sempre complicado. Mas correu bem e fez-se justiça. Consegui ganhar por mérito próprio e fiquei realmente muito feliz e um pouco aliviado.

Quando chegou a Manchester tinha a noção que podia chegar tão alto?

Não. Sabia que tinha uma ambição de querer vencer na vida como futebolista, mas nunca pensei que seria considerado o número um em tão pouco tempo. Porém, sempre tive os pés assentes na terra e sempre quis e quero continuar a aprender cada vez mais. Acho que estou no clube ideal para isso.

O que é que ainda tem a ganhar?

Muita coisa. Tenho de ganhar este prémio mais vezes. Tenho ainda muitos títulos a ganhar pelo clube e pela selecção, o que me daria uma grande satisfação. Penso que, se lutarmos todos para o mesmo objectivo, podemos vencer. Mas quero continuar a lutar para voltar a erguer as cores de Portugal.
Autor: R.J.

0 comentários