Ronaldo no Real Madrid a partir de 2009/10

Publicada por Webmaster | 4:46 da tarde | 0 comentários »

"- Se o que me estás a perguntar é o que vamos fazer agora, o que te posso dizer é que já contratámos o melhor para este Verão.
- Referes-te a Cristiano (Ronaldo)?
- O melhor é o melhor. É Cristiano, não há outro. O que se passa é que é melhor não dizer nada, por agora.
- E porque não se pode dizer? É o melhor momento, agora que as coisas vão tão mal e que precisamos de algo que lhes dê esperança no meio de tudo o que está a acontecer....
- Não, é melhor não dizer nada porque há umas cláusulas que nos impedem de o anunciar agora. Para nós, seria o momento adequado, mas não devemos fazê-lo... Mas, não está mal?"

Esta é a tradução do extracto de uma conversa que a edição on line do jornal espanhol 'El Mundo' publica hoje, conversa essa mantida entre um alto dirigente do Real Madrid e uma pessoa do seu círculo mais íntimo de confiança.

Segundo o diário do país vizinho, o dirigente 'merengue' é Pedro Trapote, um dos homens de confiança do presidente Ramón Calderón. Além dele, mais dois dos elementos dos corpos dirigentes do Real Madrid estão a conter a notícia.

A ser verdade, Cristiano Ronaldo estará assim, finalmente, de saída do Manchester United e passará a equipar-se de branco a partir da época 2009/2010.

Recorde-se que a informação desportiva espanhola no último defeso centrou-se quase diariamente numa possível transferência do 'Bola de Ouro 2008' para o actual campeão espanhol. Contudo, e apesar de o jogador não ter negado o desejo de jogar pelos 'merengues', Ronaldo acabou por continuar em Old Trafford, ao serviço do Manchester United e de Alex ferguson.

Ao que parece, o ataque definitivo a Ronaldo foi decidido no dia seguinte à entrevista concedida pelo jogador ao jornal 'Público' - a 6 de Agosto -, na qual acabou com as dúvidas do defeso: "Fico no Manchester United". Pouco antes, o número 7 do Manchester United tinha reunido com o seu treinador, Alex Ferguson, que o convenceu a continuar com a camisola dos 'red devils'.

Mesmo assim, nos dias seguintes, Calderón continuou a afirmar publicamente que o único jogador que o Real Madrid tinha tentado contratar era o actual 'Bola de Ouro'.

O clube espanhol passa por um momento difícil, depois da saída recente do treinador Bernd Schuster. A equipa, agora orientada por Juande Ramos, ocupa um modesto 6.º lugar na classificação do campeonato espanhol, à 15ª jornada, já a 12 pontos do líder Barcelona.

Numa fase de alguma contestação por parte dos adeptos, e a poucos dias da reabertura do mercado, este seria, sem dúvida, o momento ideal para os 'merengues' anunciarem uma eventual contratação de Cristiano Ronaldo.

Segundo alguns dirigentes do Real Madrid, Cristiano "já é quase história no Manchester". O futuro o dirá...
Fonte: Expresso
Autor: Pedro Miguel Neves

0 comentários