Madrid prepara novo ataque a Ronaldo

Publicada por Webmaster | 12:15 da tarde | 0 comentários »

Continua viva a paixão do Real Madrid por Cristiano Ronaldo. Dois meses depois do português ter anunciado que iria permanecer no Manchester United, o treinador do Real Madrid revelou que tal decisão não provocou ruptura entre o clube espanhol e Ronaldo, deixando, aliás, o aviso de que no final da época a novela vai continuar. Só que, na opinião de Bernd Schuster, o desfecho será inevitavelmente outro. "Penso que no próximo ano será difícil o seu clube conservá-lo. Tenho esperança que no ano que vem, ele possa estar entre nós", afirmou o treinador alemão em entrevista ao jornal desportivo espanhol Marca.

Das três páginas que ocupa a entrevista, uma - a que abre o trabalho - é totalmente dedicada ao internacional português. Shuster comenta a transferência gorada, analisa os problemas que o plantel merengue sentiu por não contar com Ronaldo, fala da influência de Alex Ferguson na decisão do extremo, e projecta o futuro do Real Madrid, o qual, na sua opinião, se irá cruzar com o futuro "Bola de Ouro". Sim, porque para o técnico, Cristiano Ronaldo merece conquistar o troféu do France Football . E justifica: "Foi o melhor goleador da Europa, com 42 golos, ganhou a Liga dos Campeões... Isso deverá ser o suficiente." A revista gaulesa irá anunciar a lista dos 30 candidatos ao prémio a 21 de Outubro e o vencedor será conhecido a 2 de Dezembro.

Admitindo que a contratação de Ronaldo é o seu objectivo número um para a próxima época, Shuster aconselha o clube a tudo fazer para ter o jogador. "É necessário fazer o possível para ele vir porque merece a pena ter um futebolista como ele". A qualquer preço? "Se o queremos, não há outra solução, pois eles [Manchester United] não o darão por pouco, creio eu. O Real sabe-o e já este ano estava pronto a pagar um preço muito elevado. No próximo ano, o preço poderá ser um pouco mais baixo, mas o clube tem de estar preparado para desembolsar essa verba". O Real Madrid estava disposto a pagar entre 85 e 90 milhões de euros pelo passe de Ronaldo. Um montante que não convenceu o Manchester, que só admitia começar as negociações com 100 milhões de euros sobre a mesa.

Um valor alto, é certo, mas na opinião de Schuster, Ronaldo também faz a diferença numa equipa. "A sua classe, o seu posicionamento na direita e em outras zonas do campo, o seu trabalho no ataque... Teria sido uma contratação importante", frisou.
Fonte: DN
Autora: Sílvia Freches

0 comentários