166 milhões de euros por Cristiano Ronaldo

Publicada por Webmaster | 11:34 da manhã | 0 comentários »

Cristiano Ronaldo está no centro do que pode ser uma nova novela, desta vez com a entrada em cena de um actor de peso de origem árabe.

Os novos donos do Manchester City, o Abu Dhabi United Group - um fundo daquele emirado -, planeia entrar na corrida pelo CR7, por quem vai oferecer 135 milhões de libras (166,4 milhões de euros) já em Janeiro próximo, ultrapassando os 85 milhões de euros que o Real Madrid disse que daria pelo jogador português.

A notícia, que está a ser avançada pelo “The Guardian”, acrescenta que Sulaiman Al-Fahim, o rosto do fundo, garante estar também interessado em Fernando Torres, o jovem jogador espanhol do Liverpool, assim com Cesc Fábregas, também espanhol, actualmente a jogar no Arsenal.

"O Ronaldo disse que quer jogar no maior clube do mundo, portanto vamos ver em Janeiro se ele estava a falar a sério”, declarou Al-Fahim. O mesmo responsável acrescentou que o clube iria avaliar a potencial disponibilidade de contratar Thierry Henry, ex-atacante do Arsenal, actualmente no Barcelona, assim como de David Villa, Valência, e ainda de Ronaldo, para se juntar a Robinho num "dream team" capaz de vencer a Liga dos Campeões em dois ou três anos.

Recorde-se que o Abu Dhabi United Group comprou o Manchester City por 200 milhões de libras (247 milhões de euros) e esta injecção de capital no clube inglês facilitou a compra de Robinho ao Real Madrid, por 42 milhões de euros, uma surpresa divulgada ontem, duas horas antes do fecho do mercado de Verão.

Thaksin Shinawatra, antigo primeiro-ministro da Tailândia e vendedor do clube, pagou no ano passado 81,6 milhões de libras pela equipa (cerca de 100 milhões de euros ao câmbio actual). Desde há um mês que procurava vendê-lo, depois das acusações de corrupção e de violação dos direitos humanos de várias organizações. Segundo o “Financial Times”, Thaksin poderá ter embolsado nesta operação cerca de 50 milhões de libras.
Fonte: Jornal de Negócios
Autor: Agostinho Leite

0 comentários