Cristiano Ronaldo, depois de se ter reunido com Alex Ferguson, declarou, à estação de televisão norte-americana ESPN, que qualquer decisão não seria baseada em dinheiro, apesar do Real Madrid oferecer cerca de 12,5 milhões de euros por temporada.

No entanto, se o internacional português ficar em Manchester não irá ter um aumento no seu vencimento e terá de demonstrar bastante “empenho e lealdade”, segundo David Gill, o director-executivo do Manchester United.

“Eu posso ser feliz em todo o lado. Estou sempre motivado e ambiciono melhorar cada vez mais. Não sei como vai ser o meu futuro, mas vou estar sempre motivado”, acrescentou o internacional português quando questionado acerca da possibilidade de permanecer em Manchester.

Fonte: Record

0 comentários