Ronaldo «esconde o jogo»

Publicada por Webmaster | 6:20 da tarde | 0 comentários »

Cristiano Ronaldo não quis falar sobre a eventual saída do Manchester. «Scolari já decidiu e decidiu bem. Eu só vou falar no final do Europeu». Em relação ao jogo com a Alemanha, Ronaldo e Petit mostram-se cautelosos.

«A guerra psicológica» já começou por parte da Alemanha, disse Petit, acrescentando que o importante é que se vai passar dentro do campo. Cristiano Ronaldo disse mesmo que não há favoritos, «quem jogar melhor, quem tiver mais oportunidades e saber tirar partido dos detalhes é que é importante, não a quem é atribuído o favoritismo», conforme fez Ballack.

Para Petit, a Alemanha «é uma equipa com jogo muito forte, compacta na defesa e coesa. Não podemos errar». Ronaldo disse que vai haver muitas dificuldades no jogo e tem alguma importância o facto de os jogadores portugueses terem mais alguns dias de descanso, mas não é determinante.

os dois jogadores acrescentaram que não se pode comparar o jogo de quinta-feira com o de ontem, porque «Portugal não é a Áustria e uma equipa seguiu em frente e a outra não» e, se Portugal estiver em pleno, o jogo pode correr bem a Portugal.

Petit e Ronaldo fizeram grandes elogios a Scolari, para o jogador do Manchester é agora um «rival» e «enho a certeza que as coisas vão correr bem a Scolari».

Os dois jogadores apresentaram boa disposição e Petit disse que Ronaldo «não gosta de perder, nem feijões» para explicar uma «irritação» de Ronaldo ontem no treino.

Ronaldo adiantou que é uma pessoa «que nunca desiste» que tem jogado para a equipa e que está inserido num excelente grupo de trabalho. Que «sonha em ganhar o Euro» e que termina assim uma época muito boa, onde ganhou todos os troféus onde esteve envolvido, no Manchester e na selecção de Portugal.

Petit reconheceu que não teve uma época muito feliz, que até algumas pessoas discordaram da sua convocatória mas que se tem empenhado e o resultado do seu trabalho tem sido positivo. Em relação ao jogo da Alemanha, «se jogar», Petit promete «não dar descanso a Ballack», embora reconheça que seja um jogador muito dificil de marcar.
Fonte: Sapo

0 comentários