Cristiano Ronaldo confirma apuramento

Publicada por Webmaster | 12:49 da tarde | 0 comentários »

Com um golo de Cristiano Ronaldo, aos 41 minutos, o Manchester United FC confirmou a passagem aos quartos-de-final, depois de bater o Olympique Lyonnais por 1-0, seguindo em frente na prova com o total de 2-1 no conjunto dos dois jogos. O sexto golo do extremo português na presente edição da UEFA Champions League foi suficiente para os pupilos de Alex Ferguson, mas nem tudo foram facilidades para a formação inglesa, que viu o Lyon causar algumas situações perigosas, especialmente na segunda parte, quando o recém-entrado Kader Keita rematou ao poste.

Ímpeto ofensivo
Um empate a zero chegava ao United, mas os campeões ingleses só sabem jogar de uma forma e, com Ronaldo e Nani a actuarem de início, depressa remeteram o Lyon para a sua defesa. O sempre activo Anderson, com liberdade para subir no terreno, ficando Michael Carrick e Darren Fletcher nas suas costas, serviu Ronaldo na direita com um excelente passe e quase chegou a tempo de corresponder da melhor forma à devolução do internacional português. O guarda-redes do Lyon, Grégory Coupet, havia dito ao seu compatriota Patrice Evra, do United, que os campeões franceses estavam cientes do que tinha acontecido à AS Roma em Old Trafford na última temporada, quando aí tentou jogar de igual para igual com o United, pelo que a formação comandada por Alain Perrin se dava por satisfeita por aguardar pacientemente na defesa por uma boa oportunidade para partir para o ataque.

Lyon sob pressão
Mas as dificuldades causadas pelo United eram muitas e a formação francesa passou por novo sobressalto quando Ronaldo quase marcou na sequência de um canto apontado por Nani. Pouco depois, foi um excelente corte de Jérémy Toulalan a salvar o Lyon, evitando que Anderon criasse maiores estragos já dentro da área. O Lyon conseguiu, finalmente, ameaçar a baliza contrária, quando Benzema rematou de longe e a partir da meia-hora de jogo os atacantes do Lyon começaram, definitivamente, a aparecer em jogo. Apesar de sempre muito marcado pelos defesas do United, Benzema segurava bem a bola, permitindo que os seus colegas subissem no terreno. Juninho enviou uma bola para a área com algum perigo e, pouco depois, Kim Källstrom colocou Edwin van der Sar à prova com um remate de fora da área.

Ronaldo abre o activo
Mas acabou por ser Ronaldo a abrir o activo, aos 42 minutos, após uma boa combinação entre Nani e Wes Brown na direita, com este último a efectuar um cruzamento que desviou em Fabio Grosso e sobrou para Anderson. O brasileiro rematou, mas a bola foi ter aos pés de Ronaldo em frente à baliza e este, apesar dos esforços de François Clerc para tentar aliviar a bola, foi rápido a reagir e colocou a bola no fundo da baliza à guarda de Coupet, apontando o seu sexto golo na prova esta temporada.

Oportunidade para Keita
O Lyon não tinha, agora, outra opção senão partir para o ataque e na segunda parte, depois de alguma atrapalhação dos jogadores do United, Hatem Ben Arfa ultrapassou Fletcher, mas rematou para fora. Apesar de colocarem muitos homens na frente, os franceses não conseguiam encontrar espaços na defesa dos da casa. Källstrom rematou de longe, mas também sem perigo e Clerc e Benzema não conseguiram dar o melhor seguimento a boas jogadas no flanco direito. A melhor oportunidade acabou por pertencer a Keita, que recebeu um passe do cada vez mais perigoso Benzema e rematou rasteiro, ao poste da baliza à guarda de Van der Sar.

United em frente
Com mais espaço para jogar no seu ataque, o United apostava em rápidos contra-ataques e desperdiçou várias oportunidades para matar o jogo. Coupet parou bem um remate de Rooney após o avançado inglês ter recuperado uma bola perdida e combinado bem com o suplente Carlos Tévez. Contudo, o golo de Ronaldo acabou mesmo por ser suficiente para o United seguir em frente e garantir a presença no sorteio de 14 de Março, igualando, ao mesmo tempo, o recorde da Juventus de dez vitórias consecutivas em casa na UEFA Champions League.
Fonte: UEFA
Autor: Simon Hart de Old Trafford

0 comentários