Cristiano Ronaldo manifestou o seu agrado por pertencer, juntamente com Wayne Rooney e Carlos Tevez, ao que os adeptos do Manchester United consideram como a nova «Santa Trindade» do clube.

George Best, Dennis Law e Bobby Charlton formaram aquilo a que os adeptos do Manchester United consideraram como a «Santa Trindade», depois de terem ajudado a equipa a conquistar a glória na Liga inglesa e nas competições europeias, uma década depois do acidente aéreo de Munique, em 1958, que vitimou metade da equipa.

Cristiano Ronaldo já demonstrou todo o seu valor pela equipa esta época, mas acredita que a comparação pode catapultá-lo para exibições ainda melhores: «Ser comparado com alguns dos melhores jogadores da história do Manchester United, lendas absolutas do clube, é muito bom e dá-me ainda mais motivação para trabalhar afincadamente», confessa o internacional português.

«Seria fantástico que as pessoas continuassem a falar de mim, mesmo após ter deixado de jogar», refere o jogador, que também não poupou elogios a Alex Ferguson: «É uma pessoa honesta e quando diz algo positivo sobre mim ou sobre os meus colegas, isso é bom».

Para Cristiano Ronaldo, Ferguson sabe como lidar com jogadores jovens: «Ele percebe de futebol, conhece o jogo e o clube. Sabe como é difícil quando somos jovens e as suas palavras só me vão ajudar a melhorar», concluiu.
Fonte: abola

0 comentários