Cristiano Ronaldo na equipa do ano do L´Equipe

Publicada por Webmaster | 7:13 da tarde | 0 comentários »

O futebolista português Cristiano Ronaldo, que actua no Manchester United, de Inglaterra, integra a equipa do ano de 2007 do L´Équipe, numa votação efectuada pelos jornalistas do diário desportivo francês.

«O avançado português esteve um ano em grande, ganhando o seu primeiro título no Manchester United e junta a beleza da técnica com a bola à eficácia», justifica a publicação francesa.

Cristiano Ronaldo, que é o único jogador português a merecer a confiança dos jornalistas do L´Equipe, tem a companhia no «Dream Team» dos seus colegas de equipa Nemanja Vidic e Patrice Evra, assim com do Bola de Ouro e melhor jogador FIFA 2007, o brasileiro Kaká.

De fora das escolhas do diário francês ficou o argentino Lionel Messi, que ficou em segundo lugar, à frente de Cristiano Ronaldo, na votação da FIFA para o melhor futebolista deste ano.

Num «onze» constituído maioritariamente por jogadores que actuam na Liga inglesa (seis), os únicos futebolista que repetem a presença são o italiano Gianluigi Buffon, por ser «seguramente o melhor guarda-redes no Mundo» e o francês William Gallas, o «líder perfeito» para o Arsenal após a saída de Thierry Henry para o Barcelona.

A equipa ideal é constituída por: Buffon (Juventus), Daniel Alves (Sevilha), Vidic (Manchester United), Gallas (Arsenal), Evra (Manchester United), Kaká (AC Milan), Fabregas (Arsenal), Cristiano Ronaldo (Manchester United), Gerrard (Liverpool), Drogba (Chelsea) e Van Nistelrooy (Real Madrid).
Fonte: Diário Digital / Lusa

C. Ronaldo volta a marcar pelo Manchester

Publicada por Webmaster | 11:59 da manhã | 0 comentários »

No futebol inglês a tradição do «Boxing Day» ainda é o que era. Um dia após o Natal houve futebol espectáculo em Inglaterra. O Manchester United soma e segue na liga. Cristiano Ronaldo e Nani foram titulares frente ao Sunderland. O «número 7» dos «Red Devils» voltou a marcar. Ronaldo soma já 12 golos no campeonato inglês.

O Manchester United jogou em casa do Sunderland a ante-penúltima partida da liga inglesa. Wayne Rooney inaugurou o marcador aos 20 minutos. Dez minutos depois é Louis Saha quem aumenta a vantagem.

Cristiano Ronaldo também entra na festa do golo e a fechar o primeiro tempo faz o 0-3 para o Manchester. Craig Gordon nem teve hipótese de defesa. Este é já o 12º golo de Cristiano Ronaldo na liga inglesa. Ao todo o «número 7» do Manchester leva já 17 esta época.

Na segunda parte, outro português entra em acção. Nani cai na área e o árbitro assinala grande penalidade. Saha na conversão faz o resultado final, Sunderland 0 - manchester 4.

Os «Red Devils» somam 45 pontos em 19 jogos e estão na luta com o Arsenal pela liderança da liga inglesa.
Fonte: TVI

Cristiano Ronaldo igual a Michael Jordan

Publicada por Webmaster | 12:54 da tarde | 0 comentários »

Umas horas antes de Cristinao Ronaldo fazer dois golos ao Everton e assumir o estatuto de melhor marcador da Liga inglesa, a comparação fazia sentido para Carlos Queiroz.

Disse o português, citado pelo «Sunday Mirror», que Ronaldo é o equivalente no futebol a Michael Jordan no basquetebol. A comparação serve para sublinhar o amargo de boca que ficou em Old Trafford pelo recente terceiro lugar na eleição para melhor do mundo. «Na minha carreira trabalhei com Zidane, Figo, Ronaldo, Raúl ou Roberto Carlos e posso dizer que nunca vi uma criação como Cristiano», afirmou o adjunto de Ferguson.

O treinador escocês também não tem grandes dúvidas: o dia em que Ronaldo começará a ganhar prémios está para breve.

Para já, falta a Cristiano Ronaldo exactamente aquilo que sobra Kaká: um clube que vença na Europa e no Mundo. E talvez Ferguson e Queiroz devam começar por aí.
Fonte: Redacção MaisFutebol

Ronaldo faz delirar Old Trafford

Publicada por Webmaster | 12:52 da tarde | 0 comentários »

Cristiano Ronaldo marcou ontem os dois golos da vitória (2-1) do Manchester sobre o Everton de Nuno Valente, que não saiu do banco. A exibição do português foi um sonho para os cerca de 76 mil espectadores que lotaram Old Trafford em jogo da 18.ª jornada.

O minuto 22 transparecia um maior ascendente da formação do United. Ronaldo recebeu a bola do avançado argentino Tevez, com um drible afastou Lee Carsley e descaído na direita desferiu um portentoso remate fora da área a vinte metros da baliza: grande golo de pé esquerdo.

Apesar da vantagem o United facilitou. Aos 27’ Cahill empatou a partida, resultado que permaneceu até ao intervalo.

Na segunda metade, com Nani a continuar sentado no banco, os comandados de Alex Ferguson pareciam não ter engenho para desfazer o empate, quando a arte do capitão Ryan Giggs foi travada, na área, por Pienaar. Chamado a converter, o inevitável Cristiano Ronaldo fez o papel de Pai Natal e ofereceu (aos 87’) mais um triunfo aos red devils, transformando-se no melhor marcador da Liga, com 11 golos.

No final, Carlos Queiroz, adjunto do United, elogiou o génio do madeirense de 22 anos. “Durante a minha carreira trabalhei com alguns dos melhores jogadores do Mundo como Zidane, Ronaldo (AC Milan), Raúl, Luís Figo e Roberto Carlos. Agora, posso dizer honestamente que nunca vi um futebol tão criativo como o de Cristiano Ronaldo. Kaká foi nomeado jogador do Ano da Europa e do Mundo, mas na minha opinião Ronaldo é o melhor”, vincou Queiroz.

Com 42 pontos, o Manchester persegue o líder Arsenal (43). O Chelsea venceu o Blackburn por 1-0 e é terceiro classificado com 37 pontos.
Autor: Joissayed Ramos
Fonte: CM

Feliz Natal

Publicada por Webmaster | 6:43 da tarde | 0 comentários »

Desejo a todos os leitores do blog, aos seus familiares e amigos um Feliz Natal.

Para o natal estar completo oferecemos-lhe algumas sugestões:

Receitas de Natal

Mensagens de Natal

Imagens de Natal

Jogos de Natal

Prendas de Natal

Musicas de Natal

Presente para o Cristiano Ronaldo

Publicada por Webmaster | 7:31 da tarde | 0 comentários »

Em tempo de Natal, a irmã mais nova de Cristiano Ronaldo, Kátia Aveiro, perde a conta aos dias passados nos centros comerciais a tentar escolher um presente para o mano.

“Ele já tem tudo e pede-nos para não gastarmos muito dinheiro. É difícil escolher um presente para ele. O Cristiano dá valor às coisas sentimentais, aos gestos e a ter a família reunida. Nas coisas materiais, olha, gosta e compra. O que lhe vamos dar ainda não posso dizer, é surpresa”, contou a cantora, que está prestes a embarcar para Manchester de forma a passar a consoada com o irmão.

Como já é habitual, é na casa inglesa do craque que o clã Aveiro se irá reunir para passar o Natal. Além de Kátia Aveiro e da família mais chegada do futebolista, também o craque do Manchester Nani se deverá juntar à festa. “O Natal vai ser passado em Manchester, na casa do meu irmão, porque ele tem jogo no dia 26. Acredito que estarão entre 15 a 16 pessoas. Devem vir familiares da Austrália e creio que o Nani também vai estar. Pelo menos foi convidado. Além disso, devem vir também amigos”, explica Kátia Aveiro, acrescentado que Cristiano Ronaldo fica radiante por ter a família reunida nesta quadra festiva.“ É uma época do ano que o Cristiano gosta muito, tal como toda a família. É uma boa oportunidade para estarmos juntos, sem compromissos e preocupações em cumprir horários”. disse.

E também porque em cima da mesa estarão alguns dos pratos favoritos do craque do Manchester. Na consoada, é a mãe de Cristiano quem está encarregue de fazer os petiscos essenciais para uma típica ceia natalícia madeirense. “O Natal vai ter carne de vinha de alhos e milho frito, que a minha mãe vai cozinhar. São coisas típicas da gastronomia da Madeira, porque não gostamos muito de leitão e não é hábito comermos bacalhau”.

Este Natal terá ainda um sabor especial para a família de Cristiano Ronaldo, que tem motivos extra para celebrar a data a rigor. Depois de ter passado por um mau momento, a mãe do jogador, Dolores Aveiro, conseguiu finalmente vencer o cancro na mama. “A nossa mãe está muito bem e posso dizer que a família Ronaldo está num momento muito bom”.

NATAL TIPICAMENTE MADEIRENSE

Em vez de bacalhau e peru, na ceia natalícia de Cristiano não vão faltar alguns dos pratos típicos da Madeira, os preferidos do jogador. “Na noite de Natal comemos sempre carne de vinha de alhos e milho frito”.
Autor: Nuno Miguel Simas
Fonte: CM

Ronaldo e Veloso: dois modelos futebolistas

Publicada por Webmaster | 11:47 da tarde | 0 comentários »

O novo protótipo de futebolista de sucesso está definido: um jogador que renda no campo e fora dele. E neste momento há dois portugueses que dão cartas em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente Cristiano Ronaldo e Miguel Veloso. À habilidade e talento para jogarem futebol juntam também rosto e corpo bonitos para venderem publicidade.

Em termos comparativos, Miguel Veloso está ainda a anos-luz de Cristiano Ronaldo, mas promete ser grande a aposta de marcas nacionais e internacionais no jovem jogador do Sporting. E já a curto prazo. Segundo o DN sport apurou, o futebolista e quem gere a sua carreira estão neste momento a estudar várias propostas nesse sentido.

A aposta na não cedência dos direitos de imagem aos respectivos clubes está cada vez mais em voga e Cristiano Ronaldo e Miguel Veloso são exemplos claros. O craque do Manchester tem a Gestifute, do empresário Jorge Mendes, a tratar da sua vida extrafutebol, ao passo que o médio leonino também não cedeu os direitos de imagem ao Sporting, no novo contrato, preferindo ser ele a geri-los.

É, de facto, um novo protótipo de jogador. O futebolista que pensa na vida dentro dos relvados e fora deles. E a verdade é que os dividendos são imensos, que o diga David Beckham, que ganha mais em publicidade do que em honorários do seu clube. Ronaldo também já arrecada alguns milhões por ano, mas segundo Simon Fuller, mentor da carreira de Beckham, pode auferir ainda mais.

"O futebol está mudado. Não se pode ser apenas jogador de futebol e depois optar pela carreira de jogador. Têm de pensar mais além e jogadores como Ronaldo têm possibilidades incríveis de rentabilizar a sua imagem. Cristiano Ronaldo pode ser igual a Beckham e penso que as pessoas que gerem a sua carreira sabem disso mesmo, pois estão a rentabilizar a sua carreira no futebol e fora dele. E acredito que o podem fazer ainda mais", disse Simon Fuller ao DN sport, criticando depois aqueles que dizem que os jogadores deveriam limitar-se a jogar futebol.

"Isso já não existe. Não prejudica rigorosamente nada. Aliás, se o fizesse os próprios clubes criariam cláusulas especiais para os proibirem de fazer isto ou aquilo. São experiências novas, é verdade que se ganha bom dinheiro, mas acredito que os jogadores que optam por rentabilizar a sua imagem não pensam em dinheiro. Ronaldo e Beckham não precisam de mais dinheiro. Precisam é de novos horizontes e a publicidade é também uma fuga ao stress do futebol", salientou o empresário que também já ouviu falar, e viu, Miguel Veloso: "Não posso falar muito, mas já o vi e já ouvi falar muito dele. É uma cara que vende, não tenho dúvidas. Ambos são bons vendedores e o novo protótipo de jogadores de sucesso em vários campos", referiu.

As incompatibilidades

Mas se a aposta de alguns jogadores é também fora dos relvados, a verdade é que há quem critique. Octávio Machado, ex-treinador do Sporting e FC Porto, diz mesmo que há incompatibilidades entre o futebol e o sector publicitário.

"Ou jogam ou vendem publicidade. São duas actividades tão diferentes e não são complementares. São jogadores muito bem pagos, por isso não vejo qualquer tipo de necessidade", salientou Octávio Machado ao DN sport, dando depois um exemplo do que ele considera um caso de insucesso a nível desportivo.

"É um caso muito especial e que diz tudo. O Real Madrid, dos galácticos, apostou na imagem dos jogadores e que resultados deu? Zero! Há muita incompatibilidade, penso que é prejudicial para a carreira dos jogadores", referiu.
Fonte: DN

Cristiano Ronaldo o mais mediatico do mundo

Publicada por Webmaster | 2:07 da tarde | 0 comentários »

Cristiano Ronaldo é o jogador mais mediático do mundo, segundo um estudo realizado pelas universidades espanholas de Navarra e Catalunha. O documento divulgado pelos catedráticos espanhóis em económica Francesc Pujol e Pedro García apresenta os resultados de uma análise ao valor do passe dos jogadores no mercado de transferências, fundamentados no impacto nos meios de comunicação social.

O português, que estava no modesto 21.º lugar em 2006, saltou este ano para a liderança, à frente de Rooney, seu companheiro de equipa no Manchester United. Ronaldinho Gaúcho, que liderava a lista no ano passado, caiu para a terceira posição, desvalorizando de 80 para 66 milhões de euros. David Beckham surge no 4.º lugar, enquanto o vencedor do FIFA World Player, Kaká, é apenas o 8.º. A análise baseou-se no primeiro semestre de 2007.

As duas universidades espanholas analisaram ainda as movimentações no último mercado de transferências, baseando também no valor mediático dos jogadores. O estudo revela que Nani, Anderson e Pepe foram contratados por montantes sem retorno em termos de projecção dos jogadores. O central recrutado pelo Real Madrid ao FC Porto, por exemplo, garante apenas 9,1 milhões de euros de rentabilização, longe dos 30 milhões de euros da transferência.

O Manchester United pagou 55 milhões de euros por Nani (ex-Sporting) e Anderson (ex-FC Porto), mas o valor conjunto dos dois jovens cifra-se em apenas 29,7 milhões de euros, segundo as contas divulgadas pelas duas universidades.

Francesc Pujol recorda que uma má contratação em termos de qualidade/preço "não é só uma má decisão económica", que certos clubes podem permitir-se por terem fontes extraordinárias nas receitas de bilheteira e publicidade. A contratação de jogadores "pode assumir também repercursões desportivas negativas já que os jogadores sobreavaliados sofrem muito mais pressão e ansiedade que outros jogadores, situação que os faz render menos". García del Barrio concluiu que "a valorização dos jogadores é uma responsabilidade da gestão estratégica dos activos que os grandes clubes devem assumir".
Fonte: DN
Autor: CIPRIANO LUCAS

Scolari: «Cristiano Ronaldo foi o melhor»

Publicada por Webmaster | 4:00 da tarde | 0 comentários »

O seleccionador nacional Luiz Felipe Scolari considerou que Cristiano Ronaldo deveria ter sido o vencedcor do prémio de futebolista do ano da FIFA e lamentou não ter podido votar nele por imposição dos regulamentos.

“Não tenho duvda de que o Cristiano Ronaldo foi o melhor e que merecia ter ficado em primeiro. Eu teria votado nele mas como sou seleccionador de Portugal não o pude fazer”, confessou.

"Ainda assim, ele deve estar orgulhoso do terceiro lugar e confiante que no próximo ano pode ser ele a vencer", acrescentou.

O seleccionador defende que a presença de Portugal na fase final do Euro'2008 e uma boa prestação, quer da Selecção Nacional quer de Cristiano Ronaldo, poderão ajudá-lo a atingir aquele objectivo.
Autor: JOSÉ CARLOS FREITAS
Fonte: Record

Cristiano Ronaldo não escondeu algum desencanto no momento em que foi anunciado o seu nome como o terceiro melhor jogador do Mundo de 2007, atrás de Kaká e Messi. Ainda assim, ganhou o estatuto de melhor jogador europeu e... o futuro pertence-lhe!
Cristiano Ronaldo e Pelé
ASF
«As oportunidades não surgem todos os anos. Mas o meu objectivo é trabalhar cada vez mais e tornar-me melhor pessoa e melhor jogador. Estou num grande clube, que me dá possibilidades de crescer como jogador e é claro que quero estar aqui nos próximos anos», afirmou Cristiano Ronaldo, em declarações à RTP.

O que terá faltado a Cristiano Ronaldo para ser eleito o melhor do Mundo? A conquista de títulos? «Algumas pessoas falam que é importante ganhar títulos; outras dizem que essa não é a grande prioridade. Não sei... Sei é que fiz uma grande época, joguei bastante bem, fiz muitos golos e muitas assistências... Estou na luta outra vez e espero estar aqui no próximo ano.»

«Espero fazer um grande Europeu, para que Portugal possa alcançar os seus objectivos, que passam por chegar o mais longe possível, a pensar na final. Temos equipa, temos um grande espírito e agora há que lutar por um sonho», rematou o internacional português.
Fonte: Abola

Cristiano Ronaldo sente-se feliz no Manchester United e coloca de lado a hipótese de rumar a outras paragens nos tempos mais próximos. O internacional português quer ficar «muitos anos» nos red devils e no futebol inglês, que, na sua opinião, já ultrapassou os campeonatos espanhol e italiano.

«Real Madrid é um grande clube, todos sabemos. Mas sinto-me feliz no Manchester United e quero continuar aqui durante muitos anos», esclareceu Ronaldo, em declarações ao diário espanhol Marca.

«O campeonato inglês passou a ser o mais forte a partir da época passada, à frente do italiano e espanhol. Todos os estádios em Inglaterra estão cheios e é possível perder com qualquer equipa considerada mais pequena. Depois, o jogo não é interrompido tantas vezes, é muito rápido, intenso e agressivo e os jogadores são mais fortes», lembrou o sete, justificando a sua fidelidade ao United.
Fonte: Abola

Cristiano leva a familia para Manchester

Publicada por Webmaster | 3:42 da tarde | 0 comentários »

Sempre que se aproxima mais uma quadra natalícia, Cristiano Ronaldo começa a mentalizar-se de que não vai poder passar a consoada na Madeira. Há quatro anos que o futebolista do Manchester United não tem autorização para se ausentar nesta época do ano e por isso opta por reunir a família em Inglaterra.

“Vou estar com a família mais próxima em Manchester. É claro que preferia estar na Madeira, onde tenho os meus avós, mas já estou habituado a não poder ir, visto que não é a primeira vez”, confidenciou o futebolista ao Correio Vidas.

Ainda assim, a tradição não será esquecida. À mesa do craque estarão os típicos bacalhau e peru, assim como a principal doçaria portuguesa: os sonhos e as rabanadas também estão na ementa natalícia de Cristiano Ronaldo.

Debaixo da árvore de Natal do craque também não vão faltar embrulhos de encher o olho, mas a verdade é que o jogador não fez nenhum pedido especial ao Pai Natal. Mais do que um carro topo de gama ou um relógio de luxo, Cristiano só pede saúde e a família reunida. “A presença da minha família é especial. Não podemos estar juntos durante todo o ano e quando estamos é sempre muito bom. Só peço que todos os anos possamos estar juntos, mais nada”, disse Cristiano Ronaldo.

A verdade é que esta quadra festiva será especial para o futebolista do Man. Utd. Depois de alguns meses de sofrimento, a mãe do craque, Dolores Aveiro, conseguiu finalmente vencer o cancro na mama e Cristiano já pode respirar de alívio. O craque é muito ligado à mãe e não resiste a enchê-la de mimos nesta quadra natalícia.

“Tento sempre dar-lhe muito amor e carinho. Só tenho pena de não poder estar no dia 31 com ela na Madeira, que é o seu aniversário e um dia muito especial para mim. Mas ela sabe que tenho outros deveres e que devo estar em Manchester, porque jogo no dia 1 ou 2. Já há quatro anos que não consigo estar na Madeira mas ela entende perfeitamente. Encaramos com tristeza, mas é normal na minha profissão”, explicou o jogador do Manchester United.

COM A FAMÍLIA EM INGLATERRA

Como não pode ausentar-se de Inglaterra, Cristiano Ronaldo convidou toda a família para estar em Manchester na quadra natalícia. Este será um Natal especial para o futebolista já que a sua mãe, Dolores Aveiro, conseguiu ultrapassar o cancro da mama.
Autora: Helena Isabel Mota e Rute Lourenço
Fonte: CM

Luís Figo afirmou hoje, à margem do lançamento do livro «Filhos do Coração», em Lisboa, que espera regressar à competição em Janeiro, que votaria em Cristiano Ronaldo para melhor do Mundo da FIFA e que o seleccionador Luiz Felipe Scolari foi o melhor que podia ter acontecido a Portugal.

Mais um dia em que Luís Figo emprestou o nome a causa nobre de solidariedade – é co-autor do livro «Filhos do Coração» com a jornalista Alexandra Borges, obra que ajuda a libertar sete crianças do Gana compradas aos pais e tratadas como escravas. E o jogador do Inter de Milão não deixou de dizer que regressará já em Janeiro, que votaria em Cristiano Ronaldo para melhor do Mundo da FIFA e que o seleccionador Luiz Felipe Scolari foi o melhor que poderia ter acontecido a Portugal.

O brasileiro Kaká venceu a Bola de Ouro e volta a ser favorito a ganhar o prémio de melhor jogador do Mundo para a FIFA. Mas na corrida está também Cristiano Ronaldo e Luís Figo não teria dúvidas no momento de escolher: «Não tenho direito de voto, mas se tivesse votaria no Cristiano. Julgo que o prémio de melhor do Mundo é questão de tempo. Se não for este ano, será no próximo.»

Figo conhece a sensação de ser considerado o melhor jogador do Mundo e para milhares de portugueses é também o homem ideal para liderar a Selecção de Portugal no Euro-2008. O extremo do Inter de Milão diz que tem «muita pena de não satisfazer o desejo» de quem decidiu assinar a petição para o regresso do capitão, mas encerra o assunto sem dar azo a qualquer dúvida: «Julgo que tive percurso brilhante na Selecção e fui muito feliz nos muitos anos que lá passei. Mas não devemos alimentar o assunto, o Mundial de 2006 foi o fim do ciclo. Portugal fez uma boa qualificação e espero que no Europeu mostre toda a qualidade que possui. Temos excelentes jogadores e o meu papel agora é unicamente o de apoiar cá fora os meus companheiros.»

Scolari fantástico

Luís Figo considera que existe qualidade de sobra na Selecção e acredita também que o comando técnico não podia estar em melhores mãos. «Se deve ficar ou sair no final do Euro-2008 é decisão que só cabe a Luiz Felipe Scolari. O seleccionado fez um trabalho fantástico, mas em Portugal algumas pessoas falam apenas dos aspectos menos positivos. A verdade é que ninguém fez melhor que ele. Mesmo que não faça um grande Europeu, continua a ser a melhor opção para o cargo de seleccionador. Devemos estar agradecidos pelo que tem feito por nós ao longo dos anos.»

Regresso em Janeiro

Depois da entrada de Pavel Nedved no jogo do Inter de Milão com a Juventus para o Campeonato de Itália (1-1), Figo sofreu uma das mais graves lesões da sua carreira. A boa notícia é que o português já não precisa do auxílio de canadianas e só consegue pensar no regresso aos relvados: «Espero estar em condições no princípio de Janeiro. Depois ficarei nas mãos do treinador Roberto Mancini, ele decidirá qual a melhor altura para eu voltar a jogar.»

Haverá ainda espaço para Figo fazer mais um prolongamento na carreira? Garante o jogador do Inter de Milão que não, que o seu momento chegará no final da época: «Já o disse, decidi terminar a carreira na alta competição no final do ano. Depois logo se vê...»
Fonte: Abola

Ronaldo oferece livro e camisola a Jardim

Publicada por Webmaster | 1:21 da tarde | 0 comentários »

A oferta de Natal de Cristiano Ronaldo a Alberto João Jardim foi concretizada ontem na Quinta Vigia e entregue pelas mãos de dois familiares do número sete do Manchester United ao presidente do Governo Regional. Uma camisola dos “red-devils” e um livro (Cristiano Ronaldo) que Jardim considerou ser “uma simpatia do madeirense mais famoso do Mundo”. O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, também associou-se a este momento.
Passavam poucos minutos das 15h00 de ontem quando dois familiares da vedeta Cristiano Ronaldo entraram na Quinta Vigia, acompanhados do presidente do Marítimo, Carlos Pereira, para fazer entrega de uma camisola e do livro do número sete do Manchester United como presente de Natal ao chefe do Executivo regional.
À saída, Alberto João Jardim mostrava-se satisfeito pelo gesto do “madeirense mais famoso do mundo”.
Um desportista de eleição que, referiu, “tem ajudado sempre naquilo que lhe temos pedido em termos de promoção da Madeira, colocando-a nas bocas do mundo”. Com cautelas conjuntas “uma vez que estes jogadores de gabarito mundial têm os seus próprios contratos de publicidade com os clubes onde jogam. As coisas têm de ser feitas de modo a não colocar em causa a imagem desses clubes”.

Vou lê-lo com muita atenção

Alberto João Jardim diz que vai colocar o livro na sua mesa de cabeceira mas sem garantir que o leia antes do Natal, até porque existem outros que já lá estão há mais tempo, prontos para serem consumidos. “Mas vou lê-lo com muita atenção”, promete.


Jardim em Manchester?
Tudo a seu tempo…

A presença de Carlos Pereira na Quinta Vigia, ainda de acordo com o presidente do Governo Regional, obedece ao facto de “serem bastante amigos” referindo ainda saber que o líder verde-rubro tem visitado Cristiano Ronaldo em Manchester.
Colocado perante a pergunta de quando seria a sua vez de o visitar, Jardim retorquiu que tudo se faz no devido tempo. “Se disser que falto a 70% das reuniões internacionais para as quais sou convidado, e mesmo assim não há mês que não saia da Madeira, teria de passar a governá-la por telegrama”, afirmou, a concluir .
Autor: João Paulo Faria
Fonte: Jornal da Madeira

Cristiano Ronaldo manifestou o seu agrado por pertencer, juntamente com Wayne Rooney e Carlos Tevez, ao que os adeptos do Manchester United consideram como a nova «Santa Trindade» do clube.

George Best, Dennis Law e Bobby Charlton formaram aquilo a que os adeptos do Manchester United consideraram como a «Santa Trindade», depois de terem ajudado a equipa a conquistar a glória na Liga inglesa e nas competições europeias, uma década depois do acidente aéreo de Munique, em 1958, que vitimou metade da equipa.

Cristiano Ronaldo já demonstrou todo o seu valor pela equipa esta época, mas acredita que a comparação pode catapultá-lo para exibições ainda melhores: «Ser comparado com alguns dos melhores jogadores da história do Manchester United, lendas absolutas do clube, é muito bom e dá-me ainda mais motivação para trabalhar afincadamente», confessa o internacional português.

«Seria fantástico que as pessoas continuassem a falar de mim, mesmo após ter deixado de jogar», refere o jogador, que também não poupou elogios a Alex Ferguson: «É uma pessoa honesta e quando diz algo positivo sobre mim ou sobre os meus colegas, isso é bom».

Para Cristiano Ronaldo, Ferguson sabe como lidar com jogadores jovens: «Ele percebe de futebol, conhece o jogo e o clube. Sabe como é difícil quando somos jovens e as suas palavras só me vão ajudar a melhorar», concluiu.
Fonte: abola

Ronaldo brilha no sexto jogo seguido a marcar

Publicada por Webmaster | 3:20 da tarde | 0 comentários »

Cristiano Ronaldo voltou ontem a ser a principal figura do Manchester United na vitória caseira sobre o Derby County por 4-1. O internacional português fez a assistências para os dois primeiros golos dos red devils e ainda foi a tempo de marcar o último tento, este de grande penalidade. O jovem craque leva seis jogos consecutivos a marcar e o seu United está agora a um ponto do líder Arsenal - que joga esta tarde.

Sem Nani, que não saiu do banco de suplentes, Ronaldo foi mesmo quem mais brilhou em Old Trafford. Apesar dos dois golos do argentino Carlos Tevez, e do 100.º de Giggs na Premiership, a verdade é que foi o internacional português a ser nomeado o homem do jogo. Cristiano Ronaldo apontou o seu oitavo tento desta temporada, no campeonato, e está agora a apenas um do líder dos marcadores, o avançado Adebayor, do Arsenal.

Quem continua também na saga de vitórias é o Chelsea da "era" pós-Mourinho. A formação londrina, agora orientada por Avram Grant, recebeu ontem e venceu o Sunderland por 2-0.

Sem o goleador Didier Drogba (que foi ontem operado e vai ficar afastado dos relvados cerca de um mês) - e os portugueses Ricardo Carvalho e Paulo Ferreira - foi o ucraniano Shevchenko o destaque do encontro. O avançado marcou o primeiro dos blues, mandou uma bola ao poste e ainda foi a tempo de fazer duas grandiosas assistências para companheiros, que na hora da finalização não souberam dizer presente.

Com este resultado, o Chelsea está agora a apenas dois pontos do Manchester United e a três do líder Arsenal, que esta tarde defronta o Middlesbrough.
Fonte: DN

Ronaldo decide jogos sozinho

Publicada por Webmaster | 4:04 da tarde | 0 comentários »

David Platt, antigo jogador da Juventus, Sampdoria e Arsenal e figura proeminente da selecção inglesa comandada por Bobby Robson, é um apreciador do futebol português. Em conversa com o DN sport, Platt passou em revista alguns dos temas do momento, nos quais Ronaldo, Nani, Queiroz e Miguel Veloso são as figuras centrais.

Começando por Cristiano Ronaldo, não podia ser mais explícita a profunda admiração que Platt nutre pelo futebolista madeirense.

"Ronaldo é um jogador excepcional, individualmente e também já como jogador de equipa. Nestes anos em que está aqui em Old Trafford evoluiu de uma forma significativa. Na actualidade Ronaldo consegue colocar a sua individualidade ao serviço da equipa. É o protótipo do grande jogador do futebol moderno", diz o agora comentador da Sky Sports e ex-seleccionador dos sub-21 da Inglaterra.

Convidado a fazer uma comparação entre os míticos números 7 do Manchester United - George Best, Eric Cantona, David Beckham e... Cristiano Ronaldo - Platt descai, uma vez mais, para o elogio ao internacional português: "Os números 7 famosos do Manchester United actuaram em diferentes posições. Ronaldo, hoje em dia, decide jogos sozinho, porque é um futebolista muito completo que sabe o que tem a fazer em qualquer momento do jogo; se fica com a bola, se a passa, se vai para a baliza."

Nesta temporada, Cristiano tem a companhia de mais um português em Old Trafford: Nani. O agora comentador pede tempo, e mais jogos, para o 17 do Manchester United: "Nota-se que é um excelente futebolista. Penso que ele precisa ainda de algum tempo para se adaptar um pouco melhor ao futebol britânico. Está em boas mãos, porque tem à sua frente um manager, que é Alex Ferguson, que sabe lidar com os jovens. Estou convicto de que veremos ainda um melhor Nani nos próximos anos até porque Alex Ferguson trabalha bem com jovens e é um bom mentor. Para se tornar num futebolista ainda mais consistente precisa de jogar mais vezes."

Sobre Nani, Platt deixa escapar mais uma consideração: "Talvez possa vir a ser melhor do que Ronaldo."

Com os anos a sucederem-se, de quando em vez é ventilada a possibilidade de Carlos Queiroz suceder a Alex Ferguson como manager dos red devils.

"Ele pode vir a ser o sucessor, mas está longe de ser um dado adquirido. E é uma herança pesada. Vê-se que Carlos Queiroz tem muita influência no estilo de jogo e na cultura de treino do Manchester United. Não sei como ele pode vir a ser como manager, mas como treinador de campo é simplesmente excepcional.
Fonte: DN

Ronaldo no trio maravilha

Publicada por Webmaster | 12:41 da manhã | 0 comentários »

Ronaldo, Kaká e Messi. Um destes três talentosos jogadores será eleito pela FIFA, no dia 17 de Dezembro, em Zurique (Suíça), o melhor jogador do Mundo de 2007.

O organismo máximo do futebol mundial divulgou, ontem, o trio de finalistas, que foram apurados após os votos dos seleccionadores e dos capitães de todas as selecções, reduzindo, assim, o lote inicial de 30 atletas. O jogador do Manchester United pode suceder a Luís Figo como o último português a obter a consagração mundial. O médio do Inter de Milão recebeu a distinção em 2001.

A revelação dos nomes dos três candidatos ao galardão mais cobiçado por um futebolista não apresentou surpresas. E, tal como na corrida à Bola de Ouro – atribuída pelo semanário ‘France Football’ –, o grande favorito ao triunfo é o brasileiro Kaká, do AC Milan. O avançado foi o herói da conquista da Champions na última época, prova na qual foi o melhor marcador, com dez golos.

Com apenas 22 anos, Cristiano Ronaldo integra pela primeira vez o trio de finalistas ao prémio da FIFA, mas ainda não deverá ser coroado como melhor futebolista do Mundo. A excepcional época no Manchester United culminou com o título de campeão inglês e os prémios de melhor jogador e melhor jovem. A estas distinções somou 17 golos na Premier League, que lhe deram o terceiro lugar nos goleadores da liga inglesa.

Kaká está, aos 25 anos, no melhor momento da carreira e saiu da sombra de Ronaldinho, que nos últimos anos foi sempre o eleito da FIFA e dos adeptos. O internacional brasileiro tem deslumbrado com os seus golos – não sendo um ponta-de-lança de raiz –e arrancadas fulgurantes.

O ano de 2007 marca também a explosão do talento de Lionel Messi. O avançado argentino do Barcelona fez sonhar os adeptos do futebol com a recordação de alguns momentos de ouro do seu ídolo, Diego Maradona. O golo ao Getafe, em jogo da última edição da Taça do Rei, em que ultrapassou metade da equipa adversária e só terminou na baliza, foi a irrepetível homenagem a ‘El Pibe’. E serviu para perceber que o jovem, de 20 anos, poderá ser o único a trilhar os passos gloriosos de um dos históricos do futebol.

KAKÁ NA POLE-POSITION

O favoritismo parece pender para Kaká. O seleccionador nacional, Luiz Felipe Scolari, não escapou a essa tendência e votou em Kaká, Messi e Didier Drogba (Chelsea/Costa do Marfim) para a eleição. Contudo, o técnico brasileiro também não poderia ter votado no ‘seu’ Cristiano Ronaldo, pois os regulamentos da FIFA não permitem o voto de um seleccionador num jogador que esteja sob a sua orientação. Ronaldo, um antigo vencedor (1997 e 2002) do prémio, defendeu igualmente a vitória da estrela do AC Milan: “Kaká é um jogador extraordinário. Merece todos os prémios do Mundo.”

PERFIS

LIONEL MESSI

Nome: Lionel Andrés Messi

Nacionalidade: Argentina

Nascimento: 1987-06-24 (20 anos)

Naturalidade: Rosario - Argentina

Posição: Avançado

Altura: 169 cm

Peso: 63 kg

Site: http://www.lionelmessi.org

Clube: Barcelona

C. RONALDO

Nome: Cristiano Ronaldo dos Santos Aveiro

Nacionalidade: Portugal

Nascimento: 1985-02-05 (22 anos)

Naturalidade: Funchal (Madeira)

Posição: Avançado

Altura: 184 cm

Peso: 78 kg

Clube: Manchester United

KAKÁ

Nome: Ricardo Izecson Santos Leite

Nacionalidade: Brasil

Nascimento: 1982-04-22 (25 anos)

Naturalidade: Brasília - Brasil

Posição: Avançado

Altura: 186 cm

Peso: 78 kg

Site: http://www2.uol.com.br/kaka/

Clube: AC Milan
Autor: João Paulo Godinho
Fonte: CM

Cristiano Ronaldo assinou os dois golos do Manchester United, esta segunda-feira, em Old Trafford, frente ao Fulham, falhou o terceiro por pouco e ao fazê-lo continua sem dar à mãe aquilo que ela deseja. Três golos de uma assentada.

«A minha mãe, por vezes, diz-me: por que nunca fazes um hat trick? Respondo-lhe sempre que já fico feliz por marcar dois golos», observou o internacional português, em declarações ao site do clube inglês, no final do jogo.

«Sou extremo, não ponta-de-lança, mas entendo que devo ajudar a equipa da melhor maneira, seja fabricando o golo ou marcando-o», explicou Cristiano Ronaldo, que abriu o marcador aos dez minutos, repetiu a pontaria na segunda parte (58) e só falhou o hat trick porque o árbitro não assinalou grande penalidade cometida sobre si.

Em vez de assinalar penalty, Rob Styles puniu Cristiano Ronaldo com um cartão amarelo, por entender que o extremo simulou a falta, sentença da qual o português discorda.

«Respeito a decisão do árbitro, mas não tenho a mesma opinião. Foi penalty. Se ele revir o lance, verá que o guarda-redes não toca na bola. Foi frustrante levar um amarelo por isso, mas o futebol é assim e, por vezes, os árbitros também erram. Penso que não fez um bom trabalho esta noite, mas mais importante foram os três pontos que somámos.

Com mais dois golos, Cristiano Ronaldo soma agora oito na Liga inglesa, concluída a 15ª jornada, num total de 13, envolvendo outras competições.
Fonte: Redacção MaisFutebol

Depois de Figo... Cristiano Ronaldo?

Publicada por Webmaster | 1:34 da tarde | 0 comentários »

Depois de Figo ter conquistado o prémio FIFA para melhor jogador do mundo no ano 2001, será agora a vez de Cristiano Ronaldo arrecadar o prestigiado galardão? Do pódio já ninguém tira o jogador do Manchester United, já que a organização que regula o futebol mundial anunciou que o português, juntamente com Kaká e Messi foram os nomes mais votados pelos seleccionadores e pelos capitães das várias selecções mundiais. O vencedor será anunciado dia 17 de Dezembro, na Suiça.

Depois de ontem ter sido anunciado oficiosamente que Ronaldo ficará em 2º lugar no troféu Bola de Ouro, surge hoje nova boa notícia para o novo embaixador de Portugal no mundo futebolístico.

Recordamos agora os vencedores do prémio FIFA desde 1991:

Jogador mundial do ano 2006
1. Fabio Cannavaro (Ita)
2. Zinedine Zidane (Fra)
3. Ronaldinho (Bra)

Jogador mundial do ano 2005
1. Ronaldinho (Bra)
2. Frank Lampard (Ing)
3. Samuel Etoo (Cmr)

Jogador mundial do ano 2004
1. Ronaldinho (Bra)
2. Thierry Henry (Fra)
3. Andriy Shevchenko (Ucr)

Jogador mundial do ano 2003
1. Zinedine Zidane (Fra)
2. Thierry Henry (Fra)
3. Ronaldo (Bra)

Jogador mundial do ano 2002
1. Ronaldo (Bra)
2. Oliver Kahn (Ale)
3. Zinedine Zidane (Fra)

Jogador mundial do ano 2001
1. Luis Figo (Por)
2. David Beckham (Ing)
3. Raul (Esp)

Jogador mundial do ano 2000
1. Zinedine Zidane (Fra)
2. Luis Figo (Por)
3. Rivaldo (Bra)

Jogador mundial do ano 1999
1. Rivaldo (Bra)
2. David Beckham (Ing)
3. Gabriel Batistuta (Arg)

Jogador mundial do ano 1998
1. Zinedine Zidane (Fra)
2. Ronaldo (Bra)
3. Davor Suker (Cro)

Jogador mundial do ano 1997
1. Ronaldo (Bra)
2. Roberto Carlos (Bra)
3. Dennis Bergkamp (Hol)
3. Zinedine Zidane (Fra)

Jogador mundial do ano 1996
1. Ronaldo (Bra)
2. George Weah (Lbr)
3. Alan Shearer (Ing)

Jogador mundial do ano 1995
1. George Weah (Lbr)
2. Paolo Maldini (Ita)
3. Juergen Klinsmann (Ale)

Jogador mundial do ano 1994
1. Romario (Bra)
2. Hristo Stoichkov (Bul)
3. Roberto Baggio (Ita)

Jogador mundial do ano 1993
1. Roberto Baggio (Ita)
2. Romario (Bra)
3. Dennis Bergkamp (Hol)

Jogador mundial do ano 1992
1. Marco Van Basten (Hol)
2. Hristo Stoichkov (Bul)
3. Thomas Haessler (Ale)

Jogador mundial do ano 1991
1. Lothar Matthaeus (Ale)
2. Jean-pierre Papin (Fra)
3. Gary Lineker (Ing)
Fonte: zerozero.pt

Ronaldo em segundo

Publicada por Webmaster | 12:40 da manhã | 0 comentários »

Cristiano Ronaldo é o segundo melhor Jogador do Ano para a revista francesa ‘France Football’. De acordo com a edição de ontem do jornal italiano ‘Gazzetta dello Sport’, o internacional português perdeu a eleição apenas para o brasileiro Kaká (AC Milan), a quem, diz o diário, será atribuída a Bola de Ouro 2007, no domingo.

A publicação avança ainda que o terceiro lugar ficou reservado para o extremo argentino do Barcelona, Lionel Messi, numa lista de 50 jogadores, na qual também figuram os portugueses Deco (Barcelona) e Ricardo Quaresma (FC Porto). O avançado marfinense Didier Drogba (Chelsea) e o médio italiano Andrea Pirlo (AC Milan) fecham o top 5.

Kaká foi sempre o principal candidato ao galardão, pela importância na conquista da sétima Liga dos Campeões para os milaneses em Maio, estando igualmente na ‘pole position’ para vencer o prémio FIFA de Melhor Jogador do Mundo.

Ronaldo está a ser o jogador mais influente do Manchester United e até já há quem o compare ao francês Eric Cantona, uma lenda dos red devils. “É muito bom ser comparado a Cantona, apesar de termos estilos diferentes. Isso dá-me motivação extra para me tornar num jogador ainda melhor. Trabalho sempre para ser tão bom ou melhor que ele. Quero evoluir sempre mais e não vou deixar de o fazer”, afirmou Cristiano Ronaldo à imprensa inglesa.

A Bola de Ouro foi instituída em 1956 e Eusébio, como jogador do Benfica, tornou-se no primeiro português a conquistar o prémio em 1965, seguido de Luís Figo em 2000, vestindo a camisola do Real Madrid.
Autor: Joissayed Ramos
Fonte: Correio da Manhã