Cristiano Ronaldo de fora

Publicada por Webmaster | 9:37 da manhã | 0 comentários »

Cristiano Ronaldo, castigado, fica à margem dos dois próximos desafios da selecção nacional — Bélgica (oficial) e Kuwait (particular) — mas, ao invés, registe-se três estreias: Bosingwa e Bruno Alves e Duda. Além dos dois jogadores do FC Porto e do futebolista do Sevilha, destaque para a chamada de João Tomás, jogador do Al Rayyan, do Qatar, que não era convocado há mais de cinco anos.
Segundo melhor marcador do campeonato luso em 2004/05 e 2005/06, ao serviço do Sporting de Braga, João Tomás soma três internacionalizações "AA" (53 minutos), a primeira a 15 de Novembro de 2000 (2-1 a Israel, em Braga) e a última a 14 de Novembro de 2001 (5-1 a Angola, em Alvalade.
Em relação à última convocatória (4-0 à Bélgica, a 24 de Março, e 1-1 na Sérvia, quatro dias depois), está ainda de regresso o guarda-redes Quim (Benfica), além do médio Deco (Barcelona), chamado, mas depois dispensado por ter sido operado a uma mão.
Por seu lado, ficaram de fora quatro habituais titulares: a Cristiano Ronaldo, juntam-se Ricardo Carvalho, Nuno Gomes e Simão, todos lesionados.
Além destes quatro jogadores, Scolari, prescindiu ainda, por opção, de Manuel da Costa (PSV, um dos 23 eleitos de José Couceiro para representar Portugal na fase final do Europeu de sub-21.
Na lista dos convocados para o jogo com a Bélgica estão, pelo contrário, três jogadores que vão à Holanda (10 a 23 de Junho), o médio João Moutinho e o extremo Nani, ambos do Sporting, e o avançado Hugo Almeida, jogador do Werder Bremen.
Estes três futebolistas defrontam a Bélgica, em Bruxelas, mas poderão não ir ao Kuwait, onde, a 06 de Junho, Portugal se despede da época 2006/2007 com a realização de um encontro particular.
Scolari chamou os seguintes jogadores:
• Guarda-redes: Ricardo (Sporting), Quim (Benfica) e Daniel Fernandes (PAOK).
• Defesas: Bruno Alves (Porto), Fernando Meira (Estugarda), Jorge Andrade (Corunha), Bosingwa (Porto), Miguel (Valência), Caneira (Sporting) e Paulo Ferreira (Chelsea).
• Médios: Petit (Benfica), Deco (Barcelona), Hugo Viana (Valência), João Moutinho (Sporting), Raul Meireles (Porto), Duda (Sevilha) e Tiago (Lyon).
• Avançados: Quaresma (Porto), Nani (Sporting), João Tomás (Al Rayyan), Postiga (FC Porto) e Hugo Almeida (Werder Bremen).

Quarteto de “ouro” do Sporting entre os eleitos de Couceiro

A presença de Filipe Oliveira e a confirmação da ausência de Diogo Valente, dois jogadores do Marítimo, constituem duas das notas de maior na lista de convocados da selecção portuguesa Sub-21. Em causa está a participação no Europeu de "Esperanças", a ter lugar entre os dias 10 e 23 de Junho, na Holanda. Nos eleitos, registe-se a presença do quarteto de "ouro" do Sporting, formado por Miguel Veloso, João Moutinho, Yannick Djaló e Nani Lista dos 23 atletas chamados por José Couceiro:
• Guarda-redes — João Botelho (Santa Clara), Paulo Ribeiro (FC Porto) e Ricardo Batista (Fulham, Ing).
• Defesas: Amoreirinha (Amadora), João Pereira (Gil Vicente), José Gonçalves (Hearts), Semedo (Cagliari), Manuel da Costa (PSV), Miguel Veloso (Sporting), Rolando (Belenenses), Antunes (Paços Ferreira).
• Médios: Filipe Oliveira (Marítimo), João Moutinho (Sporting), Manuel Fernandes (Everton), Paulo Machado (U. Leiria), Ruben Amorim (Belenenses) e Sérgio Organista (Pontevedra).
• Avançados: Hugo Almeida (Werder Bremen), João Moreira, (Valência), Nani (Sporting), Ricardo Vaz Tê (Bolton), Varela (Setúbal), Yannick Djaló (Sporting).

Scolari desmistificou, após a divulgação da lista de convocados, a ideia de existir um núcleo duro de futebolistas na selecção A. "Estamos sempre prontos a alguma troca. Essa história de núcleo duro não existe, nem vai existir enquanto aqui estiver. Se entenderem que estão cativos, começamos a perder antes de jogar", frisou o técnico.

O seleccionador entendeu que não fazia sentido chamar Cristiano Ronaldo, sabendo que apenas o poderia utilizar no jogo particular com o Kuwait (05 de Junho), uma vez que está castigado para o oficial com a Bélgica.

Em dúvida, a seguir à Bélgica e a pensar no Kuwait, está a continuidade nos "AA" de Hugo Almeida, Nani e João Moutinho, que poderão vir a passar directamente para os Sub-21, convocatória que, aliás, também integram.

Portugal segue no segundo lugar do grupo A de apuramento para o Euro2008, com 11 pontos (seis jogos), menos cinco do que a líder Polónia (sete) e os mesmos da Sérvia e da Finlândia (ambos com seis jogos).

A Bélgica ocupa a quinta posição, com sete pontos (seis jogos), seguindo apenas à frente do Cazaquistão, com cinco (seis), do Azerbaijão, com quatro (seis), e da Arménia, com apenas um (cinco).

O encontro entre a Bélgica e Portugal está marcado para 02 de Junho, a partir das 20h45 locais (19h45 na Madeira), no Estádio Rei Balduíno, em Bruxelas, com arbitragem do sueco Martin Hansson.

O jogo com Kuwait no Estádio do Salmiya Sporting Club, na cidade de Kuwait, no próximo dia 05 de Junho.

No europeu de sub-21, a selecção nacional irá ter pela frente, no Grupo A, a suas congéneres da Bélgica (10 de Junho), Holanda (13 de Junho) e Israel (16 de Junho). O grande objectivo, para além de ir o mais longe possível na competição, passa, por no mínimo, chegar às meias finais. É que nessas condições, entre as quatro melhores equipas, Portugal ficará qualificado para os Jogos Olímpicos de Pequim 2008.

Portugal nunca ganhou um Europeu de sub-21, nem com a equipa campeã no Mundo em 1991, em que pontificavam jogadores como Luís Figo, Rui Costa ou Brassard, actual treinador de guarda-redes das selecções lusas.

A selecção nacional entrará em estágio a 28 de Maio, duas semanas antes do início da competição, tempo que José Couceiro considera que "nunca é suficiente", acrescentando que "há equipas que já estão concentradas. Pretendíamos ter mais tempo. Mas os clubes só precisam de libertar os jogadores 14 dias antes. Não é por aí que nos vamos lamentar", conforme referiu o seleccionador nacional sub-21.

Fonte: Agência Lusa

0 comentários