O português Cristiano Ronaldo realizou ontem mais uma grande exibição e contribuiu directamente para dois dos quatro golos com o líder Manchester United venceu em casa o Blackburn (4-1), na 31.ª jornada da Liga inglesa de futebol.
Depois de uma primeira parte pouco conseguida, do internacional luso e dos locais, que chegaram ao intervalo a perder por 1-0 (golo de Derbyshire, aos 29 minutos), Ronaldo foi decisivo no "massacre" a que se assistiu na segunda metade. O segundo melhor marcador da prova (16 golos) ficou em "branco", mas assistiu, após jogada brilhante, Michael Carrick para o 2-1, aos 73 minutos, e marcou o livre que, após defesa incompleta de Brad Fridel, proporcionou o 3-1 ao sul-coreano Ji-sung Park, aos 83.
As jogadas fantásticas do português não se esgotaram, porém, nestes dois lances: aos 66 minutos, e depois de passar vários jogadores, só não marcou devido a grande defesa de Friedel e, aos 68, iniciou a jogada que acabou com um "tiro" de Ryan Giggs à barra.
Autor: JM
Fonte: Jornal da Madeira

0 comentários